quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Deus

Será que me ama? Será que me condena? Será que peco a cada momento em que penso em amar?
Dúvidas, são apenas dúvidas que se passam em minha mente a cada noite antes de dormir.

O que me conforta é saber que eu amo e que amar não é errado, uma vez que, é a manifestação da pureza de duas almas.

Como se senti?

Olá, o que te traz aqui?

Pois é, a vida passa rápido e os momentos muitas das vezes não são percebidos devido as preocupações do dia a dia. Vida chata, monótona, sem graça, sem rumo e outros adjetivos que você quiser usar. A questão central é ter um motivo para viver, algo que te faz acordar todo dia, uma ideologia a seguir, o que move o mundo se não os sonhos? A vida seria mais triste se não fosse eles.

Um deles é a estabilidade amorosa, é a vontade de ter alguém para amar, dedicar o tempo e para lhe confortar em momentos de tristeza. O companheirismo, a vida a dois, os momentos juntos, tudo como se fosse em um livro cujo o final é sempre felizes para sempre.
No começo tudo é lindo, os primeiros dias, semanas e meses. É como se esse ritmo fosse se manter em uma realidade na qual as coisas são idealizadas para darem certo. E isso pode acontecer, claro que pode! Primeiro vem a paixão, ela une os dois, logo após o amor para manter o que a paixão começou.
Resumindo: Há sim maneiras de se criar um vinculo longo entre duas pessoas, porém a fórmula do amor não é fácil e nessa hora podemos citar Leoni "Ainda encontro, a fórmula do amor" Ela não é fácil e não se vende em supermercados, mas é gerida dentro da subjetividade de cada um, é algo aprendido pelo casal. Assim, quando se descobre a tal "fórmula" tudo dá certo.
Lição da vida real: E hoje aprendi mais uma caros leitores! Todos sabem que estou amando, talvez esse seja o mais intenso e ao mesmo tempo o mais louco de todos, não sei de onde vem, só sei que sinto. Mas como sou o senhor estresse em pessoa, duas frases estragaram o meu dia.
Poxa! Quando se ama tudo se suporta e ambos se ajudam a superar as dificuldades. Oras! Quero alguém que me ajude a acalmar ao fim de uma tarde, que aplique o "sossega leão". Após isso, o que mais doeu foi um "pode ir embora!". Eu sei que não sou perfeito e a minha intenção não foi magoar alguém, juro que esperava outra reação, algo do tipo "vamos acalmar e conversar" e não um "pode ir embora". Estaca enfiada no coração, temos o primeiro sangramento!
Meu slogan de vida sempre foi ser transparente e sincero, mas acho que isso não está sendo benéfico pra mim, há muito tempo percebo isso. Entra ano e sai ano e eu sempre acho uma maneira de estragar algo ou magoar alguém, acho que é hora de jogar o jogo da sociedade, é hora de adotar a falsidade pra minha vida.
Espero poder reverter o quadro, porque a cada hora em silêncio mais essa ferida aumenta, mais me dói e mais minha mente alimenta o medo de perder a pessoa que amo na virada do ano.
Por fim, acho que cresci, mas não amadureci! Uma pena, pois sinto que minha trajetória está se encerrando.

quarta-feira, 9 de julho de 2014

Perguntas, respostas talvez

Te amo? Não sei, mas te quero perto
Te odeio? Toda madrugada quando tira meu sono
Estou apaixonado? Pode ser, ainda não sei o que sinto
Isto pode dar certo? Não sei, tudo depende de você
Sonhos? Sim, já tive vários sonhos contigo. Uma pena a realidade não ser assim.
É recíproco? Não sei, nunca perguntei
Tem medo? Sim
Qual? Receber um não, ou talvez, quem sabe distanciar de você
Por que não fala? Medo
O que sente? Uma dor muito forte
O que fazer? Esperar o tempo passar
Vai contar? Não sei, quem sabe quando tudo passar
Uma vontade: Estar ao teu lado nessas noites frias de julho
Nervoso? Toda vez que você me chama no Whatsapp
Ciúmes? Não sei, talvez sim
Vai superar? Difícil dizer, espero que sim
E se a resposta for um sim? Serei o homem mais feliz dessa cidade
Um medo: Isso não acabar
Uma vontade: Dizer eu te amo e você me responder com um beijo.

Jefferson Belizário 

Reflexões divididas, palavras confusas

Amores vem e vão, porém alguns nos afetam e, de certa forma, moldam o nosso dia a dia. Aquele sentimento de prisão, aquela vontade de ouvir certas musicas denunciam o tamanho daquilo que se aproxima. Mas quando a insônia bate, esse é o sinal de que já estamos no estágio mais avançado daquilo que temíamos. 
Podem me perguntar: "Amar é ruim?" a resposta sempre será um majestoso "Não!"
Mas amar envolve outras questões, algumas muito complexas e que merecem uma preocupação maior. Creio que nunca devemos aceitar um propósito para cumpri-lo pela metade, ou seja, ama-se com todas as forças, ou não entre nesse barco.
Os sentimentos requerem total dedicação, esforço e compreensão. Isso é o básico para se ter um  envolvimento com alguém. 
Quando essas paixões batem em minha porta geralmente não dou atenção, pois não tenho tempo. Algumas se vão mais rápido do que penso, outras porém são mais duradouras e atormentam algumas madrugadas, mas geralmente passam.
Agora o problema é quando uma ultrapassa a barreira dos meses. A luz vermelha acende e o alerta não é dos bons. Os amigos dizem uma coisa, o horóscopo reafirma, os acontecimentos são unânimes, estou amando intensamente! 
E o medo? A insegurança? As questões? O contexto? 
Dúvidas um tanto cruéis!
Pena não poder refletir sobre, pois creio que não estou pronto para dar espaço a um sentimento assim. Da mesma forma que sei que a resposta do outro lado será um não. 
Pareço pessimista? Pois é, mas creio que sou realista.
Assim meus dias vão seguindo, encontro forças nas coisas do passado, nas musicas melancólicas e no silêncio, pois creio que é melhor estar perto do que jogar pra longe aquele que amo. 

Jefferson Belizário 

sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Sexo, sexo, sexo.

Sexo para quem pode, para quem não se apega. Sexo por esporte, por brincadeira, ou apenas para aliviar a tensão. Sexo ontem, hoje e amanhã. Bastam somente alguns gestos e palavras para conseguir o ato realizar. Pena que nisso muitos esqueceram a arte que é amar.